AMASE faz uma festa drive in para encerrar o ano de 2020 com todas medidas de segurança

15 Dez 2020

A AMASE inovou mais uma vez para propiciar a seus associados uma festa de Final de Ano mesmo nestes tempos difíceis de pandemia garantindo toda segurança sanitária e os cuidados necessários para levar shows e alegria. O evento, realizado no final da tarde e noite de sexta-feira, dia 11, foi estilo drive in onde cada um dos convidados ficava com seus familiares num espaço reservado para cada um. Na chegada medição de temperatura e distribuição de álcool em gel para cada grupo. 

Na abertura um belo show de do pianista sergipano João Ventura, que veio diretamente de Portugal onde fixou residência na Europa. Ao som dos seus teclados ou nos acordes do violão encantou a todos e até despertou uma apresentação espontânea da netinha da magistrada aposentada Maria José, a garota Fabiana que deu até uma palinha emocionando a todos.

O encerramento da noite de shows a banda baiana Filhos de Jorge, que fez reviver vários sucessos do axé e do carnaval baiano com músicas autorais da própria banda e tantos outros compositores baianos da velha e da nova geração.

A Presidente da AMB, Renata Gil e o diretor de Perrogativas da AMB, Ney Alcântara enviaram mensagens aos magistrados sergipanos, lembrando dos desafios deste ano de pandemia para toda sociedade e em especial para magistratura, bem como do trabalho da Associação Nacional na luta pelos direitos conquistados para a classe.

O presidente da AMASE, Roberto Alcântara, antes do tradicional sorteio, fez uma avaliação e resumo do que foi este ano de 2020 e uma prestação de contas do que foi feito para ajudar a superar tantos desafios de um ano de pandemia. “Foi necessário compreender que a pergunta correta não é saber para onde ir, mas com quem ir. Com quem seguir. Foi uma opção da diretoria da AMASE decidir que era necessário ir juntos, estando presente e resgatar o espírito de associação, que é o espírito da comunhão, da união e da harmonia. Foi isso que o ano de 2020 nos proporcionou, foi estar presente na vida de cada um de nós. E estar presente na vida de cada um de nós foi tomar cuidados com as questões sanitárias, foi encaminhar álcool em gel quando faltava no mercado, foi produzir máscaras e entregar aos colegas, foi debater sobre o plano de retorno do tribunal,  apresentando sugestões, apresentando as vezes críticas. Ter este cuidado sanitário foi pedir, a exemplo do que ocorreu nesta semana, que o tribunal possa vendo os números se posicionar sobre o que a gente espera para esse final de ano e para 2021”, disse o presidente da AMASE.

Roberto Alcântara lembrou que foi também necessário ter um olhar solidário, porque estar presente foi estar de forma solidária, e a gente fez junto com outras associações a do Ministério Público,  a dos Defensores,  a dos Procuradores, a dos Delegados e a OAB fazendo uma campanha de arrecadação de dinheiro destinado ao Hospital Santa Isabel. “Fizemos uma campanha de arrecadação na Live Junina de Sérgio Lucas e o arrecadado foi destinado em dinheiro para o Oratório de Bebê. Foi também junto com a associação do Ministério Público que doamos fones de ouvido descartáveis ao sistema prisional para melhorar a qualidadedas audiências”, lembrou

No campo acadêmico Roberto Alcântara lembrou de participação do ex- Ministro do STF, Ayres Britto, que foram duas lives. Ele apontou com  o Webinar de atos processuais e também a constituição do Comitê de Práticas Colaborativas, com o associado Fernando Dantas, na coordenadoria. “Nós realizamos o Enajun – Encontro Nacional de Juízas e Juízes Negros – com 1.500 inscritos e só tenho a agradecer ao colega Edinaldo César, a Haroldo Rigo e a Carol Valadares, que fazem parte da diretoria de Direitos Humanos”, agradeceu.

A AMASE realizou neste campo acadêmico  várias reuniões com as delegadas de Polícia sobre golpes virtuais de Whatsapp, também foi realizada reunião com a Federação das Instituições de Ensino Particulares para discutir a volta das aulas, feita também reunião sobre a Reforma da Previdência, com procuradores para saber quais eram direitos da magistratura. “Mas também estivemos presentes para defender as questões institucionais foi dialogar com a  presidência do TJSE e com a corregedoria e construir resolução com a minuta do plantão,  a indenização da licença prêmio e foi construir o Juízo Digital, dentre tantas reuniões”, afirmou.

“Foi estar presente com a  pasta Social, com Juliana Nogueira e Cléa Schlingmann,  que não produziu somente esta festa, produziu a Live  de São João de Sérgio Lucas,  a Live do Enajun, Live com João Ventura,  os presentes, uns mimos no Dia das Mães, no Dia dos Pais, Dia das Crianças,  aniversário da AMASE, tudo isso foi para estar presente, e de fato resgatar o espírito de harmonia da associação, e essa foi a  grande descoberta neste ano de 2020, é possível está presente. Estar presente é agradecer. Vou usar o ensinamento de Santo Agostinho, ele diz que há três níveis de gratidão, o primeiro o de reconhecimento; o segundo é o de graça, é o desejar graça ao outro; e o terceiro o do comprometimento, se comprometer um com o outro. Foi isso que nós buscamos, nós buscamos agradecer no nível mais profundo que é de comprometimento, de congraçamento dos associados”, agradeceu Alcântara.

Ele agradeceu a toda Diretoria, composta por Iracy Mangueira,  Sérgio Lucas, Daniel Leite, Bethzamara Rocha ;  a cada um dos diretores e diretoras, além do Social e Diretos Humanos, Carol Valadares; ao do Departamento Acadêmico, Fernando Dantas; ao departamento Legislativo com Eliezer Júnior;  ao departamento de Segurança, com Edno Aldo. “Agradecer a todos que ajudaram, a exemplo, do Nelson Madeira, piloto do zoom piloto de todos eventos virtuais que foram realizados. Um  agradecimento aos funcionários da AMASE que permaneceram trabalhando todos os dias mesmo durante a pandemia. A AMASE não parou.  Agradecer a superintendência do Shopping Riomar por ter cedido este espaço sem cobrar nada, agradecer a todos envolvidos na realização deste evento”, concluiu.


20 Jan

AMB debate padronização do auxílio saúde com a conselheira do CNJ Flávia Pessoa

AMB debate padronização do auxílio saúde com a conselheira do CNJ Flávia Pessoa
12 Jan

NOTA PÚBLICA

NOTA PÚBLICA
09 Dez 2020

STF confirma decisão que igualou teto remuneratório no Poder Judiciário

STF confirma decisão que igualou teto remuneratório no Poder Judiciário