Círculos de Construção da Paz serão difundidos em escolas sergipanas

30 Ago

Foi lançado em Sergipe na tarde desta sexta-feira, 27/08, o Programa de Formação em Círculos de Construção da Paz para ambientes escolares. O evento foi realizado pela plataforma Círculos em Movimento, que difunde a Justiça Restaurativa e a Cultura de Paz nas comunidades escolares, com o apoio do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) e outras instituições parceiras. Os Círculos de Paz são uma das práticas da Justiça Restaurativa, que traz uma nova abordagem para resolução de conflitos, baseada na participação direta dos interessados, corresponsabilização ativa, escuta de necessidades e prevenção e/ou reparação de danos.

O Presidente do Poder Judiciário de Sergipe, Desembargador Edson Ulisses de Melo, participou do lançamento. “Tivemos grande adesão dos nossos principais municípios. Sinto-me muito feliz por ter sido o primeiro coordenador da Justiça Restaurativa em Sergipe e agora, como Presidente do Tribunal, sinto-me ainda mais estimulado em promover todo apoio a essa prática”, salientou o magistrado. O evento foi conduzido pelo Desembargador Leoberto Brancher, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul e um dos pioneiros da Justiça Restaurativa no país.

“Por trás desse evento que celebra as parcerias locais, esperamos ter em Sergipe um movimento de Justiça Restaurativa na educação”, comentou o Desembargador Leoberto. A capacitação dos inscritos será orientada pelo Manual Círculos em Movimento, das autoras Kay Pranis e Carolyn Boyes Watson, que trata dos fundamentos teóricos da Justiça Restaurativa e ainda contém mais de 100 roteiros para orientar as práticas. A formação dos inscritos começa na segunda-feira, 30/08, de forma online e gratuita.

Quem também acompanhou desde o início a concepção do Programa de Formação foi a Juíza Iracy Mangueira, responsável pela Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ) do TJSE. “A Justiça Restaurativa em Sergipe foi iniciada na 17a Vara Cível de Aracaju e, ao longo dos anos, essa prática ancestral vem se espalhando em todo Estado, com o apoio de muitos atores. E, agora, ancoramos a Justiça Restaurativa com a adesão das escolas”, destacou a magistrada. Já a Juíza Rosa Geane, Coordenadora da Mulher do TJSE, acrescentou que a expansão da Justiça Restaurativa em Sergipe tem tido resultados extremamente positivos.

Segundo o Juiz Haroldo Rigo, Coordenador da Comissão de Difusão, Implementação e execução da Justiça Restaurativa (Cidejure) do TJSE, o respeito é a base da Justiça Restaurativa. “Tenho muita esperança de que essa ação nas escolas, articulando a área da cidadania também, possa dialogar para construirmos essa rede restaurativa não só na Educação, mas no Sistema de Justiça e rede de atendimento, com as práticas articuladas”, sugeriu o magistrado.

Além do TJSE, os Círculos em Movimento chegam a Sergipe através da parceria com a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), Secretaria de Educação do Município de Estância, Secretaria de Juventude e Desporto do Município de Estância e Secretaria Municipal de Educação de Nossa Senhora do Socorro. Ainda participou do evento Renato Pedrosa, da TDH Brasil. Todas as informações sobre o Programa de Formação em Círculos de Construção da Paz podem ser encontradas clicando aqui. A inscrição para formação do grupo de Sergipe pode ser feita até a meia-noite desta sexta, na seção Formações.

Fonte: Agência de Notícias do TJSE


10 Set

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O 5º ENAJUN E II FONAJURD

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O 5º ENAJUN E II FONAJURD
30 Ago

Magistrados do TJSE proferiram mais de 6 mil sentenças no mês de agosto

Magistrados do TJSE proferiram mais de 6 mil sentenças no mês de agosto
27 Ago

Magistratura faz força-tarefa para aprovação da PEC das “Eleições Diretas”

Magistratura faz força-tarefa para aprovação da PEC das “Eleições Diretas”